Friday, July 20, 2007


Esse mar que monopolizas é guardião dos meus segredos…
Simbiose de sonhos e utopias,
Esperanças e fantasias,
Lençol de lágrimas estendido na adolescência.
Dá-me um pedaço desse mar para desenhar o lago
Onde as minhas lágrimas irão desaguar.
Vou embalar no labirinto das estrelas
Para adormecer nos braços da lua
Essa lua toda nua
Que me ensinou a sonhar
Já partilhamos um momento
Num tempo sem tempo
Numa noite de luar
O Branco da lua
O Branco das estrelas
O Branco da espuma onde me banho
O branco do Branco…
O cenário perfeito
Para continuar a sonhar

21 comments:

joão oliveira said...

lindo, lindo, lindo
gostei
e que tal um bom fim de semana

joão oliveira said...

Tive que voltar e com uma lágrima no canto do olho.
Estive a ler uns poemas meus, não é isso que interessa, mas sim os comentários e é daqueles momentos em que uma pessoa gosta de ler o que os outros comentam sobre o que escrevemos e gostei dos teus comentários, por isso muito agradecido pelos teus simpáticos comentários.
Beijinhos e bom fim de semana

joão oliveira said...

só uma palavra e entende como quiseres

OBRIGADO

Fernanda e Poemas said...

Lindo poema. Obrigada por partilhar conosco tanta sensibilidade.

Beijinhos,
Fernandinha

poetaeusou said...

*
por uma lágrima
*
Vou embalar no labirinto das estrelas
*
gostei
*
xi
/

Dias... said...

Hum...

Parti o Poema em duas partes.
Uma a terminar com "desaguar" e a segunda a partir desse ponto.
Assim, divididos, autonomos, temos dois bons Poemas.

Como os li no original (como um todo) parece-me bonito pelo sentir mas o salto no conteudo do Mar para a Terra é demasiado abrupto.

Perdoa-me o comentario menos agradavel mas, li e encontrei beleza só que me incomodou por isso opinei.

Beijo

saisminerais said...

Chega-me ai o sabão se faz favor ehehehe
Não não me esqueci de ninguém! E de ti muito menos, menina das palavras mansas...
Sempre voltarei e mesmo que só de longe a longe, mas o filha perdido a sua casa volta sempre.
Beijinhos e parabens pela assiduidade com consegues postar.
Adoro
o teu Amigo fugido Alexandre Ferreira do saisminerais e não só!

paula said...

Agradeço com um sorriso as tuas palavras ... As que me deixas e até as que escreves aqui , entregando-te aos sentimentos , aos devaneios , aos sonhos .
Obrigada pela partilha , mas também pela alegria que manifestas quando sentes que estou feliz , pelo carinho , quando estou menos bem .
Podes até pensar que não , mas aquilo que dizes , o que deixas de ti , conta , faz a diferença . Para mim faz . É bom saber que existem pessoas como tu ...
Um beijo grande .
Paula .

Solitária said...

ღ Passei apenas para deixar um beijo e desejar uma boa semana..ღ

Brain said...

Por uma Lágrima,

Fazes a simbiose perfeita entre as palavras e as imagens,
Chegando a produzir em quem te lê a dúvida,
Sobre o que terá surgido primeiro:
A imagem,
Ou as palavras?

Mas... eu penso que olhando para a imagem, "limitas-te" a "debitar" as palavras que contens dentro de ti, fazendo-o de uma forma perfeita!

Fantástico. Adorei.

Beijo.

Viola De Lesseps said...

Sem palavras........
....................
Simplesmente lindo!

Beijinhos

Viola

Eärwen Tulcakelumë said...

"...Dá-me um pedaço desse mar para desenhar o lago
Onde as minhas lágrimas irão desaguar.
Vou embalar no labirinto das estrelas..."

As águas sejam do mar, sejam do lago...sempre recebem nossas lágrimas com carinho.

Agradeço tuas palavras carinhosas no Almas Poéticas.

Deixo-te pérolas incandescentes de inspiração e o convite para que visites o meu mundo.

Eärwen

Solitária said...

Deixo um beijo de boa noite :)

Alvaro Gonçalves said...

Oi meu anjo,

Me desculpa, hoje venho mesmo só para te desejar um lindo fim de semana e uma semana cheia de paz e amor.
É que apanhei-me um pouco melhor e já fiz asneiras, tenho ido trabalhar como se não tivesse nada e agora estou pagando caro, com a saude.
Bjokas mil e xi - corações e me desculpa.

somentebia said...

Adorei o teu blog! Vim movida pelo título (sou fissurada em títulos de livros, filmes, blogs) que me prendeu pela ternura da expressão, e fiquei aqui, mercê dos teus escritos tão cheios de doçura, de emoção, de amor. Teus poemas são belíssimos e as imagens que a eles são associadas são também de uma ternura ímpar. Parabéns, com certeza, voltarei para continuar iluminando o olhar, enternecendo o coração e perfumando a alma.

Deixo-te pétalas de mimosas flores e um beijo no teu coração.

Scorpshine said...

Que continues sempre a sonhar e a fazer sonhar tantos de nós que com tanto carinho te lêem...
És muito bonita, tens uma escrita também muito bonita, muito obrigado por escreveres e por me leres...


Beijo grande

Vity said...

Ola...

Que continues a sonhar com lagos feitos de lagrimas de alegria e felicidade...

Beijo
Vity

Verdinho said...

Olá amiga...
Muito, muito lindo este poema com palavras tão doces e delicadas....
Gostei muito...
Um beijo

Entre linhas... said...

Palavras de encanto e ternura.
Bom fim de semana
Bjs Zita

Eärwen Tulcakelumë said...

Em vôo vim agradecer tua passagem no meu mundo.

Bom domigo.

Pérolas incandescentes de luz!

Eärwen

Cusco said...

Olá! Obrigado pelo simpático comentário nas minhas Viagens!
Gostei também imenso do teu blog! Confesso-me um maior apreciador de prosa, embora também goste imenso de boa poesia. Aqui encontrei qualidade em tudo.
Gostei também muito do nome do teu blog…Vou sair e vou levar no ouvido Dulce Pontes cantando o poema com este nome!
Voltarei em breve,
SE DEUS QUISER!