Thursday, April 12, 2007


O ATÉ SEMPRE

Acho que nunca te perguntei o que era o tempo. No meio de tantas perguntas que ficaram por fazer, perturba-me essa...O tempo é agora? É ontem? Já foi ou há-de vir?

Os livros... Os teus livros! Aprendi a ler baixinho, e a desvendar nas entrelinhas o que cada palavra quer dizer.

Os alunos... Os teus alunos! Aqueles que sempre encontravas e reencontravas e que te diziam que sim, que tinha valido a pena!

Os amigos... Os teus amigos! Todos os que passam e ficam e marcam e são marcados e riem e choram contigo. Os teus amigos... tantos!

A família. Só... Porque todas as palavras do mundo ficariam aquém de tudo o que foi vivido.

Doeu. Dói. Em nós.

Tudo o resto ficou para ti porque importantes eram os outros e o teu silêncio guardou o que não querias ninguém soubesse. Talvez lhe chame força... ou coragem... ou forma de vida... ou vida!

Há lutas desiguais. A que travaste foi disso exemplo. Chamo-lhe luta, sim! E exemplo, logo depois. Uma luta olhada de frente, com um sorriso nos lábios e a total disponibilidade para receber o que foi vindo. “Eu aceito tudo”, dizias. E aceitaste.... até ao fim. A desigualdade fez-te vencida.

O teu tempo agora é outro... é eterno e isso vale mais que o mundo. Olho para trás...Ficam as palavras... o carinho... a atenção... a coragem... os exemplos... o exemplo... a voz... os sorrisos... a força... as brincadeiras... as conversas... a vida...a luta...

Porque nos provaste que a vida vale mesmo a pena...

Porque soubeste acreditar e nos ajudaste a acreditar também...

Porque quando tudo estava a falhar tu conseguias olhar em frente...

Porque nos mostraste que desistir é palavra que não existe...

Porque todos os teus dias foram escritos com as cores do arco-íris e com a palavra Amor...

Vencida? Não... Lutadora! Lutadora até ao último segundo...

No final, ficam as coisas boas…as recordações… a luta! Que este seja mais um exemplo para todos os que continuam a acreditar. Desistir é palavra que não existe…

Obrigada!
(A.F.)



No final Ana, ficaram as recordações… as palavras que não foram ditas… os sonhos de esperança… a chave do meu Diário… as palavras que guardo do teu… um tesouro de infância que não se apaga da memória… confidências de muralha… o teu sorriso (nunca te vi triste)… a tua força … o teu companheirismo… a tua amizade…a tua amizade… a tua amizade…

Também fica a saudade de um tempo que foi nosso… da partilha da bica e do pastel de nata… das conversas em inglês para que alguém não entendesse… das viagens de estudo… das tardes no salão de chá… duma fuga ao Moledo…

Mas o que dói mesmo, Ana, foi a nossa última conversa… lutavas contra o tempo… tentaram vendar-me os olhos e tu, MULHER CORAGEM, foste buscar forças onde já não existiam para me soletrares baixinho: “Não desisto, vou vencer”.

Obrigada pelo teu exemplo.

Até sempre ANA

42 comments:

Broken said...

Minha Doce Amiga,

Com um coração lindo como o teu, como podes sentir-te pequenina ao ler-me?!

Com lágrimas nos olhos fico eu ao ler as palavras cheias de sentimento de saudade, amizade e amor a "alguém" que "partiu" e deixou marcas irreversíveis em ti.

Deixo-te uma beijoca carregadinha de força Amiga. Fico bem satisfeita por voltares a postar.

Lia said...

Fico sem qualquer palavra para poder comentar.
Não tenho como... as palavras ficaram presas e não as consigo deixar sair.

Um beijo com o imenso carinho que sinto por ti

Dias... said...

Muito bom!

Joaquim Amândio Santos said...

the world can give you what it has but i´ll give my self, being everything.
you no longer can be my friend if you no longer can be my queen!

sonhadora said...

sem palavras. Beijinhos embrulhados em abraços

Lindona said...

Bonito texto embora emocionante que nos relata uma grande lição de vida.

Obrigada.

Lu@r said...

Emocionante e triste, mas essas palavras resultam numa homenagem a uma pessoa que fiquei a conhecer.

Pelo que descreves era fascinante.

A presença dessa pessoa será eterna naqueles que a amam.

Beijo meu

Lu@r said...

Tão silenciosamente entraste que acordaste a vizinhança.

:)

ju said...

Gostei muito

sonhadora said...

sonhos floridos em banho de amor.
beijinhos embrulhados em abraços.
bom domingo

Escorpiana Explosiva said...

vim agrecer a visita

o que me vai no coração said...

sem palavras....

nem sei que dizer a não ser que me emocionei a ler

beijinhos

Rafaela said...

<.•?´¨`?•.¸¸.•?´¨`?~•.¸¸.•?´¨`?•.¸¸.•?´¨`?<
...... @@ ......... Vim desejar a vc
....@(';')@....... . um dia de
.0==/--\==0.... muita paz e muita
....../___\.......... alegria. Bjos
......_| \_¸.•?´¨`?•.¸¸.•?´¨`?~•.¸¸.•?´¨`?•.¸¸.

A amizade é...

O mais nobre dos sentimentos
Cresce à sombra do Desinteresse,
Nutre-se brindando-se e floresce
a cada dia com a Compreensão.
Seu lugar está junto ao amor
Porque ela é também amor.
Somente os honestos podem
ter amigos, porque à amizade,
o mais leve dos cálculos a fere.
Como é um bem reservado aos
eleitos, é o sentimento mais
incompreendido e o pior interpretado.
Não admite sombras nem fingimentos,
rusticidades nem renúncias.
Exige no entanto sacrifício e coragem,
compreensão e verdade,
VERDADE! acima de todas as coisas.
Com as pequenas coisas
do dia a dia
cresce nossa amizade.
Desejo que sempre
seja assim.
Bjinhus...

Vladimir said...

fiquei sem palavras ao ler este texto.....

A.S. said...

São exemplos de luta e coragem que nos estimulam para viver cada segundo!
Felicito-te por este texto!

Um beijo!

Viola De Lesseps said...

Em cada palavras, um arrepio...Em cada linha, uma lágrima...assim estou eu.
Por mais que escrevesse nada seria...Lindo.
Obrigado pelo comentário no "Cartas".

Um beijo grande

Viola L.
xx

Poeta da Lua said...

seu espaço e intenso...
deixo uma lágrima de felicidade!
se felicidade também é sorrir...
então deixo-te um abraço e outro sorriso!

Poeta da Lua said...

bem, voltei!
deixo-te outro abraço e outro sorriso!

Kalinka said...

Carta comovente, esta!

Tenho alegria...por ter estado presente.
Tenho sonhos...
Que as palavras sejam capazes de transformar em sentimentos.
Tenho esperança...
De a todos voltar a encontrar.
Tenho prazer...
De compartilhar convosco as emoções e sentimentos.
Tenho vontade...
De aprender com todos vós a expressar-me melhor.
Tenho amor...
Para compartilhar a todo o momento.
Tenho a agradecer...
A todos os presentes no jantar pela partilha de momentos agradáveis
Tenho um convite...
Compartilhar com todos este blog e voltem sempre…

Boa semana.

Azul said...

Um exemplo de vida e coragem.
Um exemplo de verdadeira amizade.

Um beijinho
Azul

Blueshell said...

Beijos azuis de concha triste….
BShell

Borboleta said...

Sem palavras, foi assim que me deixaste...
**beijinhos**

Escorpiana Explosiva said...

adorei o que li e conhecer a casa.bjo

paula said...

É tão lindo aquilo que escreves . Mas entendo que não é por ser bonito bonito que o escreves . Entendo que cada palavra que passaste para aqui , saiu do teu coração . Um coração enorme, doce e cheio de saudade e ternura . E isso torna cada frase ainda mais bela , porque são tão sentidas, tão verdade .
A amizade pode ser a mais linda forma de amor , a mais honesta, aquela onde não há máscaras... um amor incondicional . Tu soubeste vivê-la a cada momento , soubeste oferecer a tua mão quando foi tão necessária .
Beijos carinhosos,
Paula

paula said...

Tão lindo aquilo que escreves...
Tão doce, tão cheio de ternura e verdade .
Eu compreendo ao ler-te que não escreveste para ser bonito . Escreveste porque o sentes realmente , porque cada frase saiu de dentro de um lindo e grande coração . E isso vale tudo e torna cada palavra ainda mais bela .
Venho sempre visitar-te porque gosto das tuas palavras e da maneira poética e doce que contem tudo o que deixas aqui . E hoje, fiquei arrepiada . Poucas palavras poderão comentar a beleza de uma amor incondicional que é a amizade . Por isso , fico por aqui .
Deixo-te um beijo carinhoso .
Paula .

Narcisus said...

Um texto maravilhoso.

Lia said...

Não é fantasia :)
Mas também não me sinto abandonada.

São dois poemas para o projecto de um livro, e nos quais "me vejo" como "sem-abrigo", "sem amor"...

Um beijo e um sorriso

Maria Clarinda said...

*****......
Jinhos mil

Menina do Rio said...

Chorei ao ler-te nesta saudade, pois sempre tentamos eternizar as coisas boas.

beijinhos

Alguem said...

ola!

O momento é agora devemos o viver como se fosse o ultimo das nossas vidas!

Bonita Homenagem, recordar é viver e essa pessoa jamais morreu pq ela vive no coração de quem a amou

Obrigado pela tua visita
beijinhos com carinho
rachel

sonhadora said...

nas madrugadas sonho com a magia da vida.
Beijinhos embrulhados em abraços

ouriço said...

Ao menos vai para a marinha, assim pode ser que nos encontremos um dia, bjs

escrevinhador said...

o meu abraço.

beijo doce

Alvaro Gonçalves said...

Oi meu anjo,

Hoje chorei, ao te ouvir, mas me encantou a beleza desse ser maravilhoso.
Obrigado por mostrares aqui este exemplo de vida.
Desejos de bom fim de semana e uma semana cheia de luz e paz em teu coração.
Bjokas mil e xi - corações.

PEDRO said...

Seu texto é uma poesia!Lindo,lindo!
Fica minha admiração e respeito por você!

Obrigando pela visita!

Abraços.

Pedro.

Miriam5 said...

Olá voltei a postar, bem a tempo de te vir ler e descobrir esta homenagem sentida. Não tenho o direito de comentar só a certeza que, esta postagem é um reflexo de uma amizade sentida e parabéns por conseguires passar isso para o texto.

olhos cor do lago said...

O tempo é sempre...

E os que nos são queridos não desaparecem, vivem dentro da nossa memória...

Beijinhos

Solitária said...

Olá!
Nem sei se consigo dizer alguma coisa perante a grandiosidade dos sentimentos aqui escritos...
Estou emocionada, porque também perdi alguém...
Ficam as recordações que muitas vezes ainda nos fazem sorrir!
Um beijão!! Votos de um excelente fim de semana!

Vladimir said...

Refere François Chateaubriand que “não somos nada, sem felicidade”.

Qual é a sua opinião sobre este tema?

paula said...

Corre por aí um prémio : "Thinking blogger award" ... Com justiça, escolhi-te para ele , como tenho a certeza que outras pessoas farão .
Vai até ao meu "silêncio" e trás o que te pertence , o simbolo do prémio .
Beijos carinhosos .
Paula.

Alvaro Gonçalves said...

Oi meu anjo,

Estou voltando aqui, primeiro porque te amo demais, adoro a tua amizade, tens sido muito para mim ao longo deste tempo e espero que assim continue, e em segundo porque te deixei um mimo para ti lá no horizonte.
Espero que gostes.
Te adoro, obrigado mesmo por tudo.
Bjokas mil e xi - corações.

Dança de lágrimas... said...

Maravilhoso ponto de partida , ou vinda, ou ida... Gostei do que ficou guardado.

Li e chorei.

Guarda-me... tão e somente...

Beijo em ti *